Como Fazer um Webinar

Como Fazer um Webinar

Webinar definição

Existem diferentes tipos de webconferências online. Uma delas é o webinar, uma palestra virtual de uma só via, na qual uma ou mais pessoas se expressam e outras assistem. Ainda assim, interações são possíveis através de chat embutido, a depender da plataforma utilizada.

Webinar significado

A palavra webinar é uma abreviação de “web-based seminar”; em tradução literal, “seminário baseado em rede”.

Plataforma webinar / Webinar grátis

Um webinar pode ser feito em diversas plataformas diferentes. Uma delas é a plataforma ePlaces que tem recursos de ofertas em tempo real, integração com comentários e serviços de email marketing.

Escolher a melhor plataforma para a sua palestra vai depender da receita que você tem e do público que você quer atingir. Por exemplo, o YouTube é uma ótima opção para quem pretende fazer algo mais amplo e com bastante público externo, justamente por ser um site já popular entre grandes massas. Os aplicativos pagos são bons para públicos fechados, de instituições ou que acessarão o conteúdo diretamente através de um link privativo. Também há, claro, a questão monetária, que deve ser avaliada para decidir entre plataformas pagas e gratuitas. Vale lembrar que cada uma também possui seus próprios recursos, como chat, videoconferência conjunta, sistema de integração com outras plataformas e muitas outras configurações.

Webinar ao vivo

Apesar de não ser uma necessidade, a maior parte dos webinars acontece ao vivo. Isso aumenta a interatividade, permitindo que os espectadores façam perguntas e deem sugestões durante o decorrer da apresentação. Algumas plataformas também disponibilizam todo o conteúdo para acesso posterior, o que traz o melhor de dois mundos: você consegue oferecer uma palestra dinâmica, pessoal e interativa para todos que podem assistir naquele momento, e ainda permite que muitos outros usuários acessem-na mais tarde.

Webinar como fazer

Webinars de sucesso dependem de uma série de fatores que vão além dos técnicos, ainda que esses aspectos também façam parte. O primeiro deles é definir o seu objetivo: você quer aumentar o seu público? Quer transformar inscritos em clientes? Quer apresentar um novo produto? Melhorar o seu relacionamento com clientes já existentes? Transmitir informações internas para funcionários da empresa? Com essa resposta em mãos, você começará o planejamento do webinar.

– Tema e título
Isso vai depender totalmente do seu objetivo, mas uma regra geral é que sua palestra apresente conteúdo relevante para o seu público, o bastante para prender sua atenção do começo ao fim. Lembre-se que em uma conferência virtual, as pessoas se sentem mais seguras para abandonar o vídeo, então é importante que elas estejam realmente interessadas no que vão ver.

Para tanto, ofereça algo do qual elas sintam necessidade. Uma aula de algo do qual apenas você ou a sua empresa podem falar com propriedade, por exemplo. Além de aumentar sua credibilidade, você estará aumentando a confiança do público no seu serviço, visto que eles perceberão que estão ouvindo um especialista.

O título do webinar deve corresponder ao tema escolhido e fugir dos clickbaits (títulos sensacionalistas que frequentemente são distorções do conteúdo real). Pense em algo não muito longo, criativo e original.

– Conteúdo
O tema vai te orientar, mas não ensinar como tudo deve ser feito. O mais recomendável é que você elabore um roteiro, com tantos detalhes quantos necessários para que o palestrante não se perca. O improviso também é importante, mas lembre-se de que toda conferência precisa acabar e você não pode perder muito tempo falando sobre que não seja o foco da apresentação.

Na estrutura do webinar, separe o tempo que você tiver para cada tópico a ser tratado. Faça uma introdução breve do assunto e da empresa antes de partir para o principal. Durante essa apresentação principal (que não deve se estender por tempo demais), procure ter mais alguns subtópicos, que facilitem ao máximo o entendimento dos espectadores. Por fim, finalize com perguntas e respostas e um call to action.

A utilização de recursos visuais, como slides ou vídeos rápidos, é uma ótima ideia!

– Logística
Uma palestra ao vivo online não terá todos os custos e problemáticas de uma palestra presencial. Você não vai precisar se preocupar com aluguel de sala, muitos equipamentos nem nada do tipo, mas isso não quer dizer que não existam processos logísticos a serem considerados.

A plataforma deverá ser adotada de acordo com o que já falamos anteriormente. Então, é preciso definir uma boa data e horário para a transmissão, de preferência se baseando em dados do seu público-alvo. Se eles costumam trabalhar no horário comercial, por exemplo, o melhor momento para o webinar seria à noite.

Também não esqueça de checar se é viável trazer convidados para a palestra. Mais de um palestrante torna a apresentação mais ágil e ativa, além de facilitar para o outro, que poderá descansar um pouco e não sustentar toda a plateia sozinho.

– Divulgação
Um dos pontos mais importantes é garantir que as pessoas saibam do seu webinar e tenham facilidade em acessá-lo. Crie um esquema de marketing com seus profissionais que envolva redes sociais, e-mail marketing e até anúncios. Sempre destaque o link de acesso, a data e a hora, além da chamada para o conteúdo em si.

No caso de mais palestrantes ou outros tipos de parceiros, não esqueça de unir esforços para que a divulgação seja ainda mais ampla.

Webinar Google / Webinar YouTube

O Google Hangouts On Air, que era muito utilizado para webinars até o ano passado, se tornou o YouTube Live. Ou seja, agora a ferramenta é uma só, o que aumenta os resultados. Para realizar uma palestra por lá é simples: é só ir em seu “estúdio de criação”, dentro da sua conta no YouTube, selecionar as opções “transmissão ao vivo”, “eventos” e “novo evento ao vivo”, e listar as configurações.

Então, coloque o título e data da apresentação, e defina suas preferências. Depois de iniciada a transmissão, você pode compartilhar o link ou o código de incorporação à vontade. O mesmo link também poderá ser utilizado para quem quiser ver a gravação mais tarde.

A Comersite desenvolveu a plataforma para Webinar ePlaces para você fazer o seu webinário ao vivo com o YouTube e extrair grandes resultados. Saiba com mais detalhes o que é um webinar e como fazer de forma simples o seu.

Como Fazer um Webinar
5 (100%) 1 voto